sábado, 16 de agosto de 2014

MUDANÇAS! Bússola de Prata --> Litterê | Informações sobre o Clube Litterê

Com 0 Comentario
Eu falei uns dias atrás que o blog passaria por várias mudanças, a principal delas é o nome, já que o blog ta se tornando um projeto sério tanto para mim quanto para Anne, decidimos escolher um nome original e com sentido para isso aqui (Bússola de Prata foi um nome totalmente aleatório). Litterê é nada mais que uma brincadeira com a palavra "literatura".

Estamos de cara nova, com a 2ª versão do blog e com projeto para várias colunas futuras =)
Já que to falando de projeto, VAMOS COMEÇAR O CLUBE DA LEITURA LITTERÊ! ~freaking out~
O que vai ser esse tal Clube Litterê?
É um encontro que vai rolar todo mês com pessoas que curtem leitura (e o blog :p) 
O que vai ter nesse encontro?
Vai ter gente legal (eu,opaaa) que vai falar sobre os livros que leram recentemente, opinar sobre tal obra, vai ter sorteio de livro, comida, dinâmicas em grupos e por aí vai, não posso dizer o que vai acontecer nas próximas edições mas já preparamos a programação no 1º encontro.

14:30 - Avisos, apresentação do clube etc.
14:45 - Debate de livros
15:45 - Quiz
16:15 - E se eu fosse um personagem?
16:45 - Blá blá blá
17:20 - Sorteio do livro "A Hospedeira" (para participar do sorteio é necessário compartilhar o link do blog no seu facebook, só isso)
17:30 - Fim ):
Local: Parque dos Cajueiros Data: 07/09
No dia do encontro, nós vamos dar mais informações e explicar cada coisinha. Prepare sua mochila com a toalha, biscoito, livro, o que quiser!

CONFIRME A SUA PRESENÇA NO CLUBE AQUI



Continue lendo...

sábado, 9 de agosto de 2014

TAG: Book Cake

Com 4 Comentarios



Tô tão feliz com o crescimento do blog, sério, vocês são maravilhosos! Temos apenas um mês de existência e já estamos com um número de seguidores e visualizações razoáveis, sem falar no feedback de vocês, sempre comentando os posts e participando com a gente. Só tenho o que agradecer e avisar que em breve o blog vai passar por mudanças (boas,claro), eu e a Anne estamos preparando um projeto bem legal que envolve um clube de leitura com encontros mensais...O resto eu conto depois para não estragar a surpresa :p

Que rufem os tambores porque hoje tem a primeira tag do Bússola de Prata! YAY! E quem me indicou foi a linda da Ana do Trapo Literário, tenho um carinho enorme por ela e pelo blog, não custa nada dar uma olhadinha lá né?

1) Farinha - Um livro que foi um pouco lento para começar, mas que realmente conseguiu te prender.

O Guia do Mochileiro das Galáxias por Douglas Adams
Eu fiquei impaciente quando comecei a ler O Guia porque é muuuita viagem, cara, fiquei confusa para entender o início e tive que assistir o filme até a parte que eu estava lendo para saber o que estava acontecendo mas foi só no início porque depois devorei o livro e achei a ideia do autor interessante, agora eu até acredito em ETs.






2) Margarina - Um livro que tinha um enredo muito rico e bom.


A Sombra do Vento por Zafón
Esse livro me deixou extasiada. Um enredo muito bem desenvolvido e diferente do que estou acostumada, tem aventura, ação, romance, um pouco de filosofia e poesia, sem falar que me fez conhecer a Barcelona no século XX, é um dos meus favoritos.






3) Ovos - Um livro que você pensou que ia ser ruim, mas na verdade achou bastante agradável.

 Dom Quixote por Miguel de Cervantes
É um livro um tanto tolo (melhor deixar para lê-lo para as crianças) o que me fez gostar mais dele foi o seu valor para literatura mas até que dá para se divertir com as aventuras de Dom Quixote e Sancho Pança.




4) Açúcar - Um livro açucarado / doce.


 Alice no País dos Espelhos por Lewis Carroll
Sério? Não sou de ler livros desse tipo :s mas acho que posso encaixar Alice no País do Espelhos aqui. Ele é leve, cheio de fantasia e ingenuidade mas é um dos poucos livros que me arrependo de ter lido. Não vi sentido algum nele e li com vários "WTF?" na cabeça.






5) Glacê - Um livro que cobre cada elemento que você gosta em um livro (momentos engraçados, momentos de ação, momentos tristes, etc.)


O Outro Lado da Meia-Noite por Sidney Sheldon
Primeiro lugar da minha lista de favoritos <3 Nessa obra tem tudo que eu aprecio em um bom livro, ele também tem ação, aventura, drama, mistério, tudo que citei n'A Sombra do Vento mas creio que a diferença entre eles é que o livro do Sidney Sheldon tem mais intensidade, ele sabe como mexer com o emocional do leitor. tenho nem o que falar dessa capa, né?




6) Polvilho - Uma série de livros que você pode recorrer para se sentir bem, quando você está se sentindo para baixo.


Percy Jackson e os Olimpianos por Rick Riordan
Não sou também de ler série mas amo PJO e sempre releio quando não tenho livros novos porque não é enjoativo e tem a leitura flui de uma maneira simples.







7) A cereja no topo - Seu livro favorito este ano até agora.



Lolita por Vladimir Nabokov
Não tinha ido com a "cara" de Lolita mas até que criei um sentimento pelo livro e pelos personagens. É um daqueles clássicos que todos deveriam ler. Resenhei ele aqui






Sintam-se a vontade para responder a tag e se responderem, deixem o link aqui =)  Vou indicar a Luiza do blog Heartbreaker Girls para fazer também, então aproveita e fuça um pouquinho no blog dela.
Continue lendo...

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

2P's: Pop ou Punk?

Com 4 Comentarios
Todo jovem que ta na fase dos 13 ou 12 anos tem que tomar uma decisão muito importante na vida: decidir se vai ser pop ou punk. Pelo menos é assim que eu generalizo os gostos musicais (e quase tudo na minha vida), o lado pop, como o nome já diz, é o popular e nele está incluso artistas como Anitta, Demi Lovato, One Direction...vocês já entenderam, e no lado punk tem Vivendo do Ócio, Ramones, My Chemical Romance...as músicas mais pesadinhas.

Esse post é dedicado ao meu irmão de 12 anos que ta começando a fixar seu estilo musical e eu espero MUITO que ele venha para o lado punk comigo, então eu preparei essa playlist com 5 músicas punks (punk no sentido que eu falei antes,de ser uma música mais pesada e não necessariamente "punk")

1. Vivendo do Ócio - O Mundo é um Parque

2. Franz Ferdinand - Evil Eye


3. The Runaways - California Paradise



4. Green Day - Holiday


5. Arctic Monkeys - Do I Wanna Know?

Quero deixar claro que não tenho nenhum tipo preconceito com quem escolheu o lado pop,nem to dizendo que é ruim também, mas eu prefiro ouvir um bom Sex Pistols haha. E vocês? Ficaram do lado pop ou punk?
Continue lendo...

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

[Resenha] - Livro: O Reverso da Medalha

Com 4 Comentarios


Titulo original: Master of the Game | Autor: Sidney Sheldon | Editora: Record | Ano: 1994 |Páginas: 459 | Avaliação: 5/5



O livro do Sidney Sheldon narra a história do império de riquezas conquistado pela família de Kate Blackwell que se inicia com seu pai, Jamie McGregor, quando decide encontrar diamantes na África do Sul no ano de 1883 onde é só o começo porque o enredo da história dura nada mais, nada menos que um século! E nesse ponto o Sheldon foi impecável, o leitor consegue facilmente acompanhar a evolução — principalmente da mentalidade das pessoas — que aconteceu no mundo durante esses 100 anos e ele também acerta quando descreve os cenários relativos à sua década.
 Minha família, pensou Kate. Minha imortalidade. Um assassino, uma caricatura e um psicótico. A vergonha dos Blackwells. Todos os anos de esperança, angústia e sofrimento acabaram produzindo isso?
Outra coisa interessante no livro é que o autor passa a situação real da África do Sul naqueles anos: exploração dos negros, conflitos que existiam entre tribos africanas e Estado etc. E o leitor dá para ter noção desses acontecimento pelo personagem Banda que é um negro nativo da região, também amigo da família Blackwell.

Durante a trama, Kate tenta escolher um herdeiro para cuidar da Kruger-Brent Internatinal (companhia fundada por Jamie) mas acontecem várias indas e vindas com os membros da família. Kate é uma mulher com o perfil totalmente "Sidney Sheldon", assim podendo dizer, ela tem a personalidade que marca as personagens femininas do autor, ela é autoritária, elegante, de uma beleza única e acima de tudo, é uma mulher que faz de tudo para alcançar seus desejos.
"Uma ova que me conhece!, pensou Kate Blackwell. Ninguém me conhece. Ele parece estar falando sobre alguma santa. O que diriam todas essas pessoas se conhecessem a verdadeira Kate Blackwell? Gerada por um ladrão e sequestrada antes de completar um ano de idade. O que pensariam se eu lhes mostrassem as cicatrizes de balas em meu corpo?
O ápice acontece na geração das gêmeas Eve e Alexandra em 1950. Eve era a mais precoce e ambiciosa, sempre tentou arruinar a imagem da irmã desde que estavam no berço, pelo outro lado, Alexandra idolatrava a irmã e sempre foi bondosa com a mesma sem perceber o lado oculto de Eve. Vivendo com inveja da irmã, Eve arma um plano para ser livrar de Alexandra e herdar toda a fortuna da família.
Havia um fogo ardendo tão intensamente em Eve que não podia ser apagado. Não era somente o sexo, que contituía apenas uma pequena parcela. Era ânsia de viver, uma necessidade de fazer tudo, de ser tudo. A vida era um amante e Eve sentia compulsão desesperada de possuí-la.com tudo o que havia em si.
Meu comentário sobre a obra: Sou suspeita para falar do Sidney porque é meu escritor favorito haha mas esse livro ♥ devorei cada página e indico para qualquer tipo de pessoa. Tenho certeza que ainda vou reler várias vezes. Existe uma continuação, A Senhora do Jogo mas esse já não foi escrito pelo Sheldon e não é essencial para a leitura do Reverso da Medalha, ainda não procurei por ele mas espero comprá-lo em breve.

 Ah! E me desculpem por esse tempo sem postar, li 3 livros em uma semana mas não tive tempo ou criatividade para resenhar, creio que o próximo livro resenhado será O Guia do Mochileiro das Galáxias e deverá ser postado na próxima quinta, por aí...Tô só esperando o meu celular chegar para encher vocês de posts, acho que é só isso mesmo que tenho para falar.
O Reverso da Medalha em minha estante
Viu algum erro ortográfico? Me avise nos comentários ;)
Continue lendo...

terça-feira, 5 de agosto de 2014

5° Feirinha da Gambiarra

Com 0 Comentario
Então, esse fim de semana [03/08] participei de um evento super legal, envolvendo moda, arte, cultura, economia criativa e tudo mais e fiquei maravilhada com tudo que vi.
Em um espeço com energia positiva e um toque alternativo mostrando que SE é muito mais do que a terra do forró e está sempre disposta a receber novas ideias e visitas com sua cordial hospitalidade.
Enfim, espero poder participar das próximas edições haha' .

Aqui estão alguns registros que fiz do evento :











Continue lendo...

quinta-feira, 24 de julho de 2014

[Resenha] - HQ : Azul é A Cor Mais Quente

Com 6 Comentarios
Azul É A Cor Mais QuenteAutora : Julie Maroh
Editora : Martins Fontes
Páginas : 160
Avaliação : Cinco estrelas


Sinopse :

 Clementine é uma jovem de 15 anos que descobre o amor ao conhecer Emma, uma garota de cabelos azuis. Através de textos dos diários de Clementine, o leitor acompanha o primeiro encontro das duas e caminha entre as descobertas, tristezas e maravilhas que essa relação pode trazer. Em tempos de luta por direitos e de novas questões políticas, " Azul é a Cor Mais Quente " surge para mostrar o lado poético e universal do amor, sem apontar regras ou gêneros.

Minha Resenha :

 Meu primeiro contato com essa história de amor universal e tragedia foi por uma amiga que me pediu para assistir ao filme, por curiosidade eu o assisti e amei, desde então comecei a refletir muito mais sobre isso e me ajudou a ver o mundo de uma forma diferente. Acho que só precisava deste empurrãozinho para entender certas coisas.
 Então eu digo,  qual o direito que o homem tem em julgar a forma de amar ?
Quero dizer, o amor é a maior arma para salvar o mundo e mesmo assim ele sofre preconceito se é dado para alguém do mesmo sexo.
 Nessa história podemos acompanhar, sentir e se identificar com Clementine uma personagem que amamos cada vez mais, pois ela mostra exatamente como é o começo de uma nova descoberta amorosa. Ela nos passa suas inseguranças através de gestos, olhares e poucas palavras.
 Não é nada fácil viver em um mundo de duvidas, medos e segredos. Mas é assim que ela vive , e como em toda adolescência e vida, á o preconceito e ele se torna ainda pior quando parte dos mais próximos a você. Você se sente perdido, sem chão até que encontra um ponto, uma ancora que faz você querer seguir em frente ( o amor ) . Você se arrisca, mesmo com medo do que pode acontecer mas a vida é assim, não se pode ter medo ou você acaba perdendo o melhor que ela pode te oferecer.
 A homossexualidade é então um mundo que não é para todos, nele você se arrisca, ama, descobre e sofre  de todas as formas possíveis para ser feliz.
 Maroh nos mostra exatamente como o amor pode ser doce mas cruel. É uma história excepcionalmente profunda e intensa que mesmo diante da dor ensina a se reergue. Mostra como o amor é abstrato mas destrói, como é sincero e acima de tudo não é eterno, mas faz com que os amantes se sintam assim .
 A história aborda o amor  homo de uma forma impactante e realista mas sobre tudo, humana .
Com ela você aprende a dar valor ao que realmente importa, e que simplesmente não existe resposta para tudo. Você simplesmente ama e vive da forma mais prazerosa e intensa possível, faz o amor se tornar eterno até nos pontos que não se pensava em existir. Você simplesmente faz uma história.
Continue lendo...
Postagens mais antigas Início

Postagens populares